‘Energia forte’, diz Tite sobre Pernambuco na estreia do Brasil nas Eliminatórias

Tite, técnico do Brasil (Foto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco)

Nesta segunda (9), após realizar vistorias no estádio da Ilha do Retiro – local que receberá os primeiros dois treinos da Seleção Brasileira na semana que antecede a estreia nas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo 2022, no Catar -, e na Arena de Pernambuco, palco dos treinamentos finais e da partida contra a Bolívia, no dia 27 de março, o técnico do Brasil, Tite, concedeu entrevista coletiva na sede da Federação Pernambucana de Futebol (FPF). Acompanhado de Juninho Paulista, coordenador da seleção, e do diretor de competições da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Manoel Flores, o treinador relembrou suas passagens pelo estado e destacou o clima que espera no jogo contra os bolivianos.

“Pernambuco traz uma energia forte. Eu senti isso quando joguei no Arruda, contra o Santa, na época de atleta da Portuguesa. Literalmente tremia (estádio) com o apoio da torcida. Quantas e quantas vezes enfrentei o Náutico nos Aflitos? O Sport criava uma atmosfera na Ilha que exigia um nível de concentração alto. Essa mesma mobilização é a expectativa que tenho para o nosso jogo”, declarou.

Os bilhetes do jogo começarão a ser vendidos amanhã, a partir das 10h, pelo site www.eliminatorias2022.com.br. Ao todo, 43 mil ingressos serão colocados à disposição, com preços que variam de R$ 40 a R$ 400 (camarote). Cada CPF pode adquirir até seis entradas.

A Seleção desembarca no Recife no dia 22 de março, um domingo. Na segunda, realizará um treino fechado na Ilha do Retiro. No dia seguinte, também na casa do Sport, a atividade será aberta ao público, com capacidade máxima de dez mil torcedores. A entrada será mediante doação de dois quilos de alimentos não-perecíveis. Na quarta e na quinta, os trabalhos acontecerão na Arena de Pernambuco.

“A qualidade do espetáculo está diretamente ligada a qualidade do gramado. Falei aos funcionários de lá (Arena): ‘que orgulho’. Eu vi que tem alguns locais que precisam de melhoria, mas com tempo suficiente para estar em plenitude (no dia do jogo)”, frisou.

Essa será a segunda vez que a Arena de Pernambuco receberá um jogo da Seleção Brasileira. Em março de 2016, pela mesma competição, o estádio foi palco do confronto do Brasil diante do Uruguai. Ainda sob o comando do técnico Dunga, a equipe empatou em 2×2.

A Seleção principal masculina disputou 18 jogos em Pernambuco. O Arruda recebeu 10 jogos. Arena e Ilha possuem dois cada. Os demais foram no campo da Avenida Malaquias, nas Graças, que pertenceu ao Sport de 1918 até 1937. O maior público de um jogo do Brasil foi em 1993, com 96.990 presentes no estádio do Santa Cruz na goleada por 6×0 diante justamente da Bolívia, também nas eliminatórias.

Do Portal FolhaPE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top